• Camila Cruz

9 Perguntas para Descartar Roupas Antigas

Quem nunca arrumou o guarda-roupas e viveu um momento de total nostalgia? Isso acontece porque sempre temos memórias e sentimentos relacionados aos objetos e peças de vestuário.

Pensando nisso, listei 9 perguntas que você deve se fazer quando for descartar roupas antigas. Vamos lá?


#1. Está manchada?


Pode ser que você tenha deixado de usar aquela calça ou blusa porque ela estava manchada. Sendo assim, dificilmente voltará a vesti-la.


Nestes casos, há algumas possibilidades, como tentar customizar a peça ou consertá-la. Se você acha que não vale a tentativa, é hora de desapegar!


#2. Está com cheiro estranho?


Pelo tempo que ficou guardada, pode ser que uma roupa esteja com cheiro estranho. Se ele não sair durante a lavagem completa, dificilmente você irá vesti-la novamente.


#3. Está rasgada e/ou sem zíper?


Este é um clássico sinal de que aquela roupa foi muito bem utilizada.

Se você está há mais de 6 meses esperando para consertá-la, saiba que isso dificilmente irá acontecer. Então, que tal colocá-la para fora do seu armário?


#4. Você compraria hoje essa roupa?


Esta é uma pergunta infalível quando se tem dúvidas sobre guardar ou não uma roupa.

Se a resposta for sim, dê uma chance. Caso contrário, nem perca tempo (e espaço)!


#5. A roupa combina com o seu eu de agora?


Se o seu “eu” atual for vestir aquela peça, pode ser que você volte a usá-la. Mas, se a resposta for não, não existem mais motivos para deixá-la ocupando canto em uma prateleira.


#6. Você guarda uma roupa ou a lembrança dela?


No início do artigo falei sobre as lembranças que surgem durante uma faxina de armário. Pois, é graças a elas que mantemos muitas roupas que não iremos mais utilizar.

Guardar uma peça ou outra pela lembrança é válido – por exemplo, aquele cachecol que sua falecida avó fez à mão. Mas, o que você não pode é manter 80% do seu armário apenas por sentimentalismo!


#7. A moda passou?


Algumas peças saem de moda, e pode ser que você esteja guardando para a próxima onda. Este é um grande erro!


Quando a tendência retornar, haverá novos modelos, cores, marcas, e você não irá utilizar aquela peça de 20 anos atrás. Então, parta para o desapego!


#8. Você até tenta usar, mas nunca consegue?


Se sim, saia dessa. Quem se esforça muito e não consegue utilizar uma peça, é porque ela não combina com o estilo, não traz conforto ou simplesmente não “bate” com o seu estado de ânimo.


#9. Está esticada ou desbotada?


Roupas que não estão mais em suas condições iniciais dificilmente voltarão a ser utilizadas – a não ser para ficar em casa.


Com estas dicas, você com certeza irá revolucionar o seu guarda-roupas. Para saber mais sobre o assunto, que tal apostar em um Desafio com duração de 21 dias para você começar essa organização tão sonhada? Que tal aprender truques para tornar sua casa mais organizada e funcional?


Visite meu perfil do Instagram, Camila Cruz Organizer, para acompanhar as notícias do desafio.