• Camila Cruz

A carreira de Personal Organizer em 2021



Com o objetivo de ajudar na otimização de espaços, na desorganização e ainda oferecer benefícios para ambientes com soluções práticas para o dia dia das pessoas e empresas, deixando-os mais funcionais de acordo com as necessidades de cada cliente, a profissional da organização, através de divulgação da profissão ganhou espaço no mercado de trabalho, consolidando a carreira de Personal Organizer.


A profissão de Personal Organizer já é muito conhecida nos Estados Unidos, no Brasil, a profissão está em crescimento, e o mercado de trabalho para o profissional da organização cresceu muito. Além do aumento da procura das pessoas pelo serviço, muitas também estão fazendo a transição de carreira, por estarem se identificando com a área.


Pensando nisso, quero ajudar você que está pensando em iniciar, ou fazer a transição de carreira, a entender como a carreira de Personal Organizer cresceu, vem crescendo cada vez mais, o seu potencial promissor, e como está se destacando no mercado de trabalho no Brasil.


Pensando nisso, quero ajudar você que está pensando em iniciar, ou fazer a transição de carreira, a entender como a carreira de Personal Organizer cresceu, vem crescendo cada vez mais, o seu potencial promissor, e como está se destacando no mercado de trabalho no Brasil.



O mercado de Personal Organizer


A evolução do mercado da organização foi incrivelmente notável, sendo referência a a palavra organização e produtividade constante na mídia, redes sociais, empresas, sites e blogs, evidenciando que todo mundo quer e precisa se organizar. Cada vez mais, os consumidores percebem o valor da organização nas suas vidas e procuram profissionais especializados para ajudá-los.


Antes ao digitar a palavra “Personal organizer”, há mais ou menos uns 10 anos atrás nada apareceria, hoje você encontra centenas de links, como por exemplo: dados do Google Trends nos últimos 5 anos no Brasil, que mostra a busca pela palavra chave Personal Organizer, demonstrando o crescimento real da profissão no Brasil.

Fonte: Google Trends


Em 2013, após um Encontro de Personal Organizer (EPO) surgiu a Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade (ANPOP). O objetivo é promover trocas de experiências desses profissionais. E segundo o portal da ANPOP com o crescimento do mercado, o grupo se estruturou e hoje conta com cerca de 300 associados.


O interesse pela profissão no Brasil vem crescendo continuamente. Tanto, que empresas como Leroy Merlin, Etna, Tok&Stok, Camicado, Zôdio, e o grande varejo de Internet vem investindo e ampliando seus departamentos de produtos para organização, onde oferecem desde caixas organizadoras, sacos a vácuo, sistemas para armários, enfim, produtos organizadores em geral.


Para você ter uma ideia , a organização de residências e escritórios – mercado que envolve desde produtos de casa e decoração até serviços como cursos e consultorias de organizadoras profissionais, movimenta cerca de R$ 10 bilhõespor ano no Brasil, na estimativa de José Luiz Cunha, organizador do evento Personal Organizer Brasil (POB).


“A estimativa é baseada em alguns levantamentos do setor feitos por empresas. E pensando que nos Estados Unidos o mercado movimenta US$ 40 bilhões anualmente, uma estimativa de R$10 bilhões para o Brasil é bem factível”, afirma.


Por tudo isso, e por tantas informações que venho acompanhando, acredito em um crescimento gigantesco da indústria da organização para os próximos anos no Brasil.



Transição de carreira para ser uma Personal Organizer


Existem aquelas pessoas que estão querendo iniciar uma carreira, porém na área da organização, vejo muitas na transição de carreira, porque estão se identificando com a organização. Muitas donas de casa também se tornaram Personal Organizer.

Como a Cláudia Diniz que foi minha aluna e hoje atua como Personal Organizer e relata – “ No auge dos meus 46 anos, o curso da Camila mudou tudo na minha vida, porque estava há 10 anos sem trabalhar para me dedicar a maternidade e a família, e quando resolvi voltar a vida profissional, queria algo novo, que me preenchesse, e eu encontrei isso no curso, me identifiquei com o método, fiz o curso por 5 meses, e posso dizer para vocês, que além da minha vida ter mudado nesses meses, a vida da minha família toda mudou. Esse curso me trouxe alegria, amor…falar até me emociona…e tenho certeza que agora, eu também poderei ajudar as pessoas a mudarem as suas vidas”, fala com orgulho.

Por isso, não tenha medo de iniciar, nem de fazer uma transição de carreira, nunca é tarde!



O cenário de atuação de um Personal Organizer


A vida moderna tem levado as pessoas a um ritmo de vida muito corrido e alucinante, deixando as pessoas super atarefadas, desorganizadas, estressadas e sem tempo. Cenário esse, que abre espaço para a necessidade de um profissional da organização.


Hoje, as pessoas modernas procuram por praticidade, e isso é exatamente o que um Personal Organizer, através da organização pode oferecer, além, claro da praticidade e bem estar.

Onde há necessidade de organização, o profissional da organização pode atuar!


As pessoas estão cada vez mais procurando qualidade de vida, para ter tempo para a família, lazer e desenvolvimento pessoal. E cada vez mais, estão compreendendo a necessidade de otimizar os espaços residenciais, para ganhar mais praticidade, tempo e economia, e de trabalho, para ser mais produtivo e ter menos stress.

E para conquistar tudo isso, as pessoas precisam se organizar, sendo exatamente aí o cenário de atuação do Personal Organizer oferecendo seus serviços de soluções e orientações para uma vida mais organizada, com mais praticidade e produtividade!



Futuro da Profissão de Personal Organizer

Embora exista um forte crescimento, mesmo engatinhando, as possibilidades para o futuro da profissão no mercado brasileiro são ilimitadas. Quem quer ingressar na carreira de Personal Organizer deverá se capacitar, se especializar e acompanhar também os avanços da tecnologia, para estar sempre atualizado para aplicar na prática na ajuda ao seu cliente.

Ressalto ainda, um grande leque de atuação que vem crescendo, os serviços de apoio em setores como: o da terceira idade, casamentos, mudanças residenciais e corporativas, gerenciamento de documentos, gerenciamento da informação eletrônica e muitos outros, irão precisar cada vez mais dos serviços de um profissional da organização.



Destaco algumas questões:


A visibilidade – O profissional de organização passará a ser visto como um especialista, que pode ajudar empresas e pessoas na organização dos espaços e na otimização do uso do tempo. A visibilidade desta atividade aumentará cada vez mais, através da participação crescente dos Personal Organizers na mídia.


ANPOP – Associação Nacional dos Profissionais de Organização e Produtividade – O futuro deste mercado, passa pela consolidação e crescimento da ANPOP, que irá fortalecer e ajudar a regulamentar a atividade no Brasil, dando condições para que ela se desenvolva de forma sustentável.


Eventos nacionais e internacionais – Vejo também a importância da existência de eventos nacionais e internacionais, que aproximem os Personal Organizers brasileiros e tragam cada vez mais visibilidade ao setor e à profissão. Hoje existe no Brasil o evento: Personal Organizer Brasil (POB) – que começou com 350 pessoas em 2014 e hoje tem mais de 1.300 pessoas participando de palestras, sem contar o público da feira.


Dedicar parte do tempo – se fizer a gestão do tempo, o profissional pode começar investindo parte do seu tempo e até gerar renda extra, seja como personal organizer, seja com outra profissão.


Invista em preparação e especialização


Como toda profissão, tornar-se um profissional Personal Organizer exige muito estudo, dedicação e planejamento. Por isso, a importância da escolha correta de onde e como você vai se preparar e se especializar para atuar com qualidade e profissionalismo neste mercado da organização.


Seja cuidadosa e criteriosa para escolher um curso, como relata Marina Dos Santos (Geração Personal Organizer Camila Cruz):


Ela conta, que quando foi procurar um curso de Profissional Organizer, estava muito em dúvida, e se faria um presencial ou faria online, e confessa que tinha certo preconceito com o curso online. Por isso, acabou fazendo sua inscrição no último dia, e hoje pode dizer que foi a melhor escolha que fez na sua vida, já que as dúvidas costumam aparecer mais quando se está trabalhando, e ela pode contar com todo o apoio e acompanhamento da rede de apoio da Camila, tirando todas as suas dúvidas. Em uma perfeita mentoria que leva as alunas pela mão… A Camila consegue tirar o que há de melhor em nós”, finaliza.

Faça laboratórios: utilize você e seus familiares como treino. Reorganize e avalie a rotina e organização da sua própria casa, assim você entende melhor como abordar o seu cliente.

Quem quer empreender na carreira, não existe nenhuma mágica, planeje e comece devagar. O segredo é ter paixão pelo que você está fazendo. você pode ser uma das pioneiras. Ser personal organizer, te garante a liberdade de ter um negócio próprio e promissor.


Enfim, vejo muita coisa boa vindo por aí, e me orgulha muito saber que estou contribuindo de alguma forma, desenvolvendo pessoas para esse mercado no Brasil. Possibilitando um novo despertar a todas as pessoas de uma nova profissão, tão promissora como a de Personal Organizer.


E foi pensando nisso, em todas as pessoas, que possibilitou que minha aluna mais que especial Liana, fizesse o meu curso e aprendesse a profissão. Preocupada com a inclusão, o meu Curso de Preparação Profissional em Organização tem interpretação em Libras, o único no Brasil, onde pessoas com deficiência auditiva possam ter acesso e aprender.


Por isso, convido você que quer ingressar na Carreira de Personal Organizer para a minha próxima turma da MENTORIA PROFISSÃO PERSONAL ORGANIZER, que está para abrir e fazer parte das POs empreendedoras de sucesso!!